joomla counter

PARCERIAS

ad valorem

PARCERIAS 

INCENTIVOS AO INVESTIMENTO
Contabilidade e Fiscalidade
FORMAÇÃO

 

SSL Certificate  

Agenda Fiscal

Inovação... (Newsletter)

Inovação e Empreendedorismo

Newsletter Independente

Start&Go Newsletter

AICEP - Portugal Global

equipgest
Empresa de consultoria e formação

EQUIPGEST
EQUIPGEST Calendário Fiscal de julho de 2017 youtu.be/likAhjBIlLw via @YouTube

10-07-2017 via Twitter Web Client

EQUIPGEST
EQUIPGEST Nascemos no Dia Internacional da Paz! Estamos por isso em Paz com todos! fb.me/U7wb9wxm

21-09-2016 via Facebook

EQUIPGEST
EQUIPGEST Hoje fazemos 26 anos de existência

21-09-2016 via Twitter Web Client

EQUIPGEST
EQUIPGEST EQUIPGEST - 25 ANOS fb.me/4DdMCxzll

18-04-2016 via Facebook


Visitas

Temos 66 visitantes e 0 membros em linha

Comércio Investe

Comércio Investe

Objectivo do Programa

A medida "Comércio Investe", regulamentada pela Portaria n.º 236/2013 de 24 de Julho, visa apoiar nomeadamente projectos individuais – promovidos por micro e pequenas empresas, inseridas nos CAE 47 (comércio a retalho), visando a modernização e valorização da oferta dos estabelecimentos abertos ao público através da aposta na inovação e da utilização de formas avançadas de comercialização.

Entidades Beneficiárias

Micro e Pequenas empresas, independentemente da sua forma jurídica; Actividade principal na CAE 47, com excepção das seguintes classes (47300, 47240, 47790,47770, 47810, 47820, 47783, 47890, 47910)

Condições Elegibilidade

Cumprir as condições legalmente exigíveis ao exercício da actividade no estabelecimento objecto da candidatura; Apresentar, à data da candidatura, uma situação económico-financeira equilibrada; Ter dado início de actividade, para efeitos fiscais; Possuir estatuto de micro e pequena empresa; Prazo de execução até 12 meses; Fontes de financiamento do projecto asseguradas, incluindo pelo menos 20% do montante de investimento elegível em capitais próprios; Investimento mínimo elegível de 15.000€ ; Não ser destinado ao apoio de estabelecimentos que se localizem em centros comerciais ou conjuntos comerciais ; Cada candidatura deve ter como objecto um único estabelecimento com área de venda ao público.

Despesas Elegíveis

Aquisição de equipamentos e software de suporte à actividade comercial; Aquisição de equipamentos e mobiliário que se destinem a áreas de venda ao público visando a melhoria da imagem e animação dos estabelecimentos e a adequada identificação, localização e apresentação de produtos; Aquisição de equipamentos, software, concepção de conteúdos destinados à criação ou dinamização da presença na Internet; Despesas com assistência técnica específica que tenha como objectivo o aumento da atractividade dos espaços de atendimento para o cliente (Até € 1.500); Despesas inerentes à certificação de sistemas, produtos e serviços no âmbito do sistema português da qualidade ; Despesas com a criação e protecção da propriedade industrial; Requalificação da fachada, remodelação da área de venda ao público no interior do estabelecimento, e aquisição de toldos ou reclamos para colocação no exterior do estabelecimento; (Até € 10.000); Estudos, diagnósticos, concepção de imagem, projectos de arquitectura e das especialidades e processo de candidatura; (Até € 1.500); Intervenção de Técnico Oficial de Contas (TOC) ou Revisor Oficial de Contas (ROC) (Até € 500)

Incentivo

O incentivo financeiro a conceder assume a natureza de incentivo não reembolsável (a fundo perdido), correspondente a 40% das despesas elegíveis, não podendo ultrapassar o valor de 35.000€ por projecto individual.

Para mais informações ou enquadramento, consulte-nos gratuitamente, faremos a análise do seu caso.